jamille-secchi-piscologia-coach-fitness- quem-e-a-jamille-secchi.jpg
Quem é a Jamille Secchi – Psicóloga e Coach Fitness?
15 de fevereiro de 2017
sete-beneficios-psicologicos-para-exercicios-fisicos-jamille-secchi-psicologia-coach-fitness-santa-catarina-camboriu-brasil-cabral-cid-seo-niteroi-vendas-online
Sete benefícios psicológicos dos exercícios Físicos
5 de abril de 2017

5 dicas para vencer a compulsão por doces

5 Dicas para Vencer a Compulsão por Doces - Jamille Secchi - Psicologia e Coach Fitness - Camboriú - Santa Catarina - Brasil

5 dicas para vencer a compulsão por doces

Vontade incontrolável por doces, dificuldade de parar de comê-los, irritação causado pela sua retirada e uma infinidade de queixas relacionadas aos doces são as mais comuns no consultório de muitas nutricionistas, coaches e psicólogos que atuam na área.

Até termos como chocólatra já foram criados para expressar o vício por chocolates e doces, mas por que para muitas pessoas os doces são os grandes vilões das dietas? Será que é realmente difícil driblar essa vontade? Tem alguma semelhança por vícios relacionados a substâncias psicoativas? Açúcar pode ser considerado uma droga?

Curso Pense Forte e Conquiste a Saúde e o Corpo dos seus Sonhos - Jamille Secchi - Psicóloga e Coach Fitness

Vamos ver o que dizem as pesquisas. Alguns estudos realizados com ratos alimentados com 25% a mais de glicose nas refeições resultaram numa ingestão excessiva levando a sintomas de abstinência semelhante ao da nicotina e outras drogas.

5 Dicas para Vencer a Compulsão por Doces - Jamille Secchi - Psicologia e Coach Fitness - Camboriú - Santa Catarina - Brasil

Outros estudos mostraram que ao comer doces áreas cerebrais de prazer são ativadas da mesma forma que o uso de drogas, levando a pessoa a sentir o desejo de repetir a ingestão. Isso leva a um comportamento vicioso. Quanto mais se come doce, mais se instiga o desejo por este, podendo sim, gerar certos sintomas de abstinência como ansiedade, mau humor, irritação na falta do mesmo.

Lembrando que carboidratos simples aumentam rapidamente a quantidade de glicose no sangue, o que também estimula tais áreas cerebrais de recompensa e promovem o mesmo efeito. Claro que não são somente drogas e açúcar que ativam tais áreas cerebrais, tudo que gera prazer terá a mesma função, como rir, praticar esportes, sexo e etc., e podem fazer com que a pessoa sinta-se “viciada” em tais ações. No entanto, nem todas as ações prazerosas geram prejuízos.

Para acabar com esse ciclo vicioso é preciso tomar algumas atitudes que cessarão esse desejo intenso e aumentarão sua tolerância frente aos docinhos. Dentre estas atitudes estão:

– Remover o estímulo: Se você ficar se deparando constantemente com doces ficará difícil resistir. Mesmo na sua ausência, o desejo poderá aparecer, no entanto será mais fácil dissipá-lo do que se estiver diante do mesmo. Experimente ficar de 5 a 7 dias sem disparar o gatilho da compulsão. Troque por outros alimentos e por mais difícil que seja nos primeiros dias, você vai perceber que ao passar uma semana sem ingerir doces, você passará a ter mais autocontrole.5 Dicas para Vencer a Compulsão por Doces - Jamille Secchi - Psicologia e Coach Fitness - Camboriú - Santa Catarina - Brasil

– Invista em uma dieta saudável: Quanto melhor for sua alimentação, mais fácil ficará de controlar seus desejos. Procure ingerir alimentos como os carboidratos de baixo índice glicêmico, proteínas, verduras, fibras, gorduras boas. Assim você ficará saciado por mais tempo, o que te levará a ter maior controle diante de suas vontades.

– Mude o paladar: Se você está acostumado a ingerir doce logo após as refeições, seu cérebro vai continuar por um tempo enviando esse estímulo, do qual ele associou. Procure quebrar tal associação ingerindo algo com outro sabor, como amargo ou azedo. Tome um café, uma limonada ou escove os dentes imediatamente após comer. Isso corta o desejo habitual.

Mude seu padrão comportamental: Aprenda que suas vontades não o dominam e que são passageiras, passe a fazer coisas diferentes do que estava acostumado nas horas em que bater a vontade de comer doces. Dê uma caminhada, assista um filme, ligue para alguém, qualquer coisa que desvie seu foco de sua vontade.

Invista em autocontrole: Mesmo depois que você aprendeu a domar sua vontade, há que se fazer manutenção constante e tomar o cuidado para não entrar no processo vicioso novamente. Caso volte a comer doces, sua compulsão retornará. Isso não quer dizer que nunca mais poderá comer. Você pode, mas cuide para que essa ingestão de doces seja esporádica e com moderação. O importante é não trazê-lo de volta à sua rotina. Pois ai terá que iniciar todo o processo novamente.

www.jamillesecchi.com.br

www.programapenseforte.com.br

Jamille Secchi – Psicologia e Coach Fitness – CRP/SC: 12/04393

shadow-ornament
 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *