sete-beneficios-psicologicos-para-exercicios-fisicos-jamille-secchi-psicologia-coach-fitness-santa-catarina-camboriu-brasil-cabral-cid-seo-niteroi-vendas-online
Sete benefícios psicológicos dos exercícios Físicos
5 de abril de 2017
voce-tem-fome-que-jamille-secchi-psicologia-e-coach-fitness-camboriu-santa-catarina-brasil-b
Você tem fome do que?
2 de maio de 2017

Você tem o hábito de reclamar? Vamos acabar com ele

voce-tem-o-habito-de-reclamar-vamos-acabar-com-ele-jamille-secchi-psicologia-coach-fitness-esportiva-geracao-de-valor

Você tem o hábito de reclamar?

Vamos acabar com ele

Quem nunca reclamou que atire a primeira pedra. Esse comportamento é muito comum e muitas vezes serve como válvula de escape para desabafarmos sobre algo que nos incomoda. O problema é quando reclamar se torna um hábito constante.

A pessoa que reclama constantemente, mantém sua atenção focada nos problemas, nas dificuldades, nos aspectos ruins de cada situação. Torna-se crítica e exigente, dificultando sua convivência ou criando rebanhos por atrair simpatizantes da arte de reclamar.

Este comportamento, com frequência, torna-se tóxico tanto para quem o pratica como para quem convive, pois se o foco está nos aspectos ruins e difíceis de cada situação, o estado emocional acompanha, gerando irritação constante, desânimo, pessimismo, além da dificuldade em manter relações saudáveis.

Reclamar exige menos esforço, embora haja o mesmo desprendimento de energia que poderia ser usada na resolução de problemas ou na arte de aproveitar os momentos e divertir-se com eles mesmo que as condições não sejam as ideais.

voce-tem-o-habito-de-reclamar-vamos-acabar-com-ele-jamille-secchi-psicologia-coach-fitness-esportiva

Faça um teste, tente fazer uma expressão de raiva e sorrir ao mesmo tempo. Você perceberá que não é possível expressar de uma só vez duas emoções antagônicas. O mesmo processo acontece internamente. Não há como sentir-se feliz e animado com as circunstâncias se seu comportamento padrão é de reclamar.

Portanto se você é o “reclamão” da história, lembre-se de usar a consciência para poder reverter o processo. O antídoto aqui é a gratidão. Pois reclamação e gratidão, tais quais as expressões faciais citadas acima, seguem o mesmo processo. São opostos e estão em polos diferentes.  Para agradecer você precisa olhar as situações sob outra óptica, buscar o lado positivo, o aprendizado, a solução. Aqui o estado emocional é outro e reclamar torna-se um verbo difícil de conjugar.

Mas lembre-se, é preciso praticar essa inversão constantemente, até que se torne automático. Pois se o seu padrão é reclamar, levará um tempo até que este padrão enfraqueça. O exercício precisa ser diário.

Outro exercício interessante para gerar consciência e fazer com que este hábito seja extinto, é perceber qual a intenção implícita no ato de reclamar no exato momento em que você se pegar reclamando.

 Se o que você deseja e precisa é desabafar sobre algo que está lhe perturbando, ok! Escolha uma pessoa de sua confiança e desabafe, fale sobre o problema, tomando o cuidado para não se vitimizar e gerar sentimento de autopiedade. Desabafou, compreendeu melhor o problema, visualizou possíveis soluções, então não há mais motivos para ficar resmungando pelos cantos.

Se você se der conta que tem o hábito de reclamar de tudo, da chuva, do sol, do trabalho, dos filhos, etc. Policie-se, quando se perceber praticando as reclamações, pare e foque em algo positivo da mesma situação. Carro estragou? Adianta ficar reclamando, isso vai fazer ele se consertar sozinho? Vai fazer com que surja uma alma caridosa que pague o prejuízo para você? Pouco provável. Então definitivamente reclamar não vai lhe ajudar, pelo contrário, irá te deixar cada vez mais irritada. O lado bom da história é que você tem um carro e provavelmente condições para arrumá-lo.

Conscientize-se que reclamar é um hábito inútil e nocivo para sua saúde, seus relacionamentos e sua beleza. Dê um basta nesse hábito e perceba como sua vida funcionará muito melhor e mais leve.

www.jamillesecchi.com.br

www.programapenseforte.com.br

Jamille Secchi – Psicologia e Coach Fitness – CRP/SC: 12/04393

shadow-ornament
 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *